ANEXO I - LINHAS DE PESQUISA DO PROGRAMA

A LINHA DE PESQUISA 1 -  POLÍTICA, GESTÃO E HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

O objetivo desta linha é analisar o papel do Estado no processo de formulação e implementação de políticas sociais, com ênfase nas políticas educacionais em diferentes contextos históricos. A linha examina a formulação, implementação e avaliação de políticas educacionais, notadamente nos países da América Latina, assim como a concretização dessas políticas no âmbito dos sistemas e das instituições escolares. Focaliza, portanto, pesquisas pertinentes às relações entre as políticas públicas de educação, organização, planejamento e gestão educacional nos vários níveis e modalidades da educação e ensino, bem como questões relativas à História da Educação no Brasil. Algumas temáticas podem ser destacadas, nesse âmbito de intenções: a) o papel do Estado na formulação, regulação e avaliação das políticas públicas educacionais; b) o papel da sociedade civil no processo de elaboração, avaliação e controle das políticas educacionais; c) as políticas de formação inicial e continuada de professores; d) os processos de gestão educacional nos âmbitos do sistema e da escola; e) a organização, planejamento, gestão escolar e financiamento da educação nos vários níveis e modalidades de ensino; f) a legislação educacional no contexto da história da educação brasileira e da formulação das políticas educacionais; g) as relações entre o público e o privado na educação; h) os processos de exclusão educacional e as políticas de acesso e permanência na escola nos vários níveis e modalidades; i) História, Política e Educação;Profissional; j) História das Políticas Educacionais e suas relações com a História da Educação e das Instituições Escolares.

LINHA DE PESQUISA 2 - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E SUAS RELAÇÕES COM A FORMAÇÃO DOCENTE

Nesta Linha priorizam-se as investigações sobre as práticas pedagógicas como forma de efetivação do processo educativo, salientando as suas relações com a formação docente, já que as primeiras constituem necessariamente objeto da segunda. Por força da sua constituição, o domínio temático desta linha de pesquisa é relativamente abrangente, focalizando vários aspectos como: a constituição do currículo, a natureza dos conteúdos de aprendizagem, a transposição didática, as características específicas dos processos de ensino e aprendizagem no âmbito das disciplinas, consideradas as dimensões filosóficas, sócio-históricas, epistemológicas e psicopedagógicas envolvidas tanto no processo de ensino e aprendizagem quanto no processo de formação dos professores como mediadores do saber escolar. Nesse sentido, examina-se, por um lado, a natureza e a constituição do saber escolar e seu tratamento didático-pedagógico e, por outro, o professor e a sua formação, tanto inicial como continuada. O interesse sistemático dessa Linha se refere às correlações possíveis entre as várias dimensões da prática pedagógica presente na escola e a formação de professores, tais como: (a) os saberes, nas suas dimensões sócio-histórico-culturais e epistemológicas, bem como sua articulação com o currículo escolar; (b) o currículo escolar e o processo ensino e aprendizagem em diferentes contextos educativos ; (c) o processo de ensino e aprendizagem no âmbito das disciplinas;(d) as tecnologias educacionais e suas relações com processos de ensino e de aprendizagem em contextos presenciais e a distância (e) os aspectos interacionais que presidem o ensino e aprendizagem na sala de aula; (f) a formação inicial do professor com vistas ao desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários à competência docente; (g) a atuação do profissional do ensino no início e ao longo da carreira, buscando aprimorar sua competência teórico-prática; (h) o desenvolvimento do docente como pessoa e como profissional.

LINHA DE PESQUISA 3 - DIVERSIDADE CULTURAL E EDUCAÇÃO INDÍGENA

Estuda a diversidade cultural contemplando questões que permeiam as relações entre educação, cultura, multiculturalismo e interculturalidade como dimensão epistemológica, tendo como referência, entre outras realidades marcadas pela pluralidade, a realidade das comunidades indígenas, afro-descendentes, a educação popular e os movimentos sociais. São relevantes para os estudos e pesquisas na Linha as seguintes categorias: diferença, diversidade cultural, pluralidade cultural, identidade, fronteira, negociação cultural, hibridização, deslocamentos culturais, etnia e que colocam em questão as relações interativas entre a escola, a sociedade e os seus múltiplos espaços histórico-educativos. Nesse sentido constituem temas de interesse dessa linha: (a) estudos culturais e educação escolar; (b) propostas e práticas pedagógicas em contextos multiculturais; (c) políticas de inclusão/emancipação para/nas escolas; (d) organização escolar, trabalho pedagógico e relações de poder; (e) formação de professores para a educação intercultural; (f) histórias de vida: identidade cultural e profissional do professor; (g) currículos, programas escolares e projetos político-pedagógicos no campo da educação intercultural; (h) socialização primária e socialização secundária: a escola no espaço comunitário; (i) educação escolar indígena: saberes, história, direitos e concretização; (j) produção da identidade/diferença (racial, de gênero, crença, etnia, geração) em processos educativos escolares e não-escolares.